Qual a linguagem correta para escrever um Projeto de Pesquisa?

Gênero Textual Projeto de Pesquisa
Conheça a Linguagem Textual usada para escrever um bom Projeto de Pesquisa

Então você precisa entender qual a linguagem textual usar para produzir um Projeto de Pesquisa? Sabemos que um Projeto de Pesquisa é uma produção científica que contém muitas particularidades e técnicas.

Não é mesmo?

Principalmente quando se fala em padronização de texto acadêmico.

Quando os alunos precisam lidar com a realidade de que terão que escrevê-lo para terminar seu curso de graduação, muitas dúvidas surgem: uma delas é sobre a qualidade da escrita para um projeto de pesquisa.

Como ela deve ser empregada corretamente, não é?

No texto de hoje, vamos falar sobre gênero textual de projeto de pesquisa e te ajudar com algumas dicas para tornar essa tarefa mais fácil.

Veja o que trazemos no conteúdo de hoje:

 

Linguagem textual de um Projeto de Pesquisa

Linguagem para Projeto de Pesquisa
Projeto de Pesquisa: escrita / gênero textual usada

Ao longo de sua trajetória no mundo científico, vai ser comum escutar a expressão escrita acadêmica, linguagem científica, redação científica, etc.

Esse tipo de escrita ou gênero textual está diretamente ligado à linguagem que deve ser utilizada em um projeto de pesquisa.

Mas fique tranquilo(a) que vamos ter dar aquelas dicas para uma redação científica clara e objetiva, combinado?

 

8 dicas para uma redação científica clara e objetiva de seu Projeto de Pesquisa

Linguagem para Projeto de Pesquisa: faça de forma eficiente seu trabalho
8 pontos importantes para usar na Linguagem Textual do Projeto de Pesquisa

Para acertar na aplicação do gênero textual no seu projeto de pesquisa, vamos apontar dicas importantes. Logo abaixo, sugerimos outros artigos para você ficar ainda mais por dentro.

Vamos lá?

  • PONTO 1 – Uma das principais características da escrita acadêmica e, portanto, da linguagem que deve ser empregada em um projeto de pesquisa, é a não utilização da conjugação do tempo verbal em primeira pessoa.

Dessa forma, jamais use em seu projeto de pesquisa expressões como “Meu objetivo no presente trabalho” ou “Eu pretendo analisar os dados”.

Sendo assim, opte por utilizar construções verbais que passem uma mensagem de impessoalidade. Você pode usar “Nosso objetivo no presente trabalho” ou “Objetiva-se no presente trabalho”.

Ainda de acordo com os exemplos que citamos acima, use “Pretendemos analisar os dados” ou “Pretende-se analisar os dados”.

 

A informação central é: não fale em primeira pessoa do singular!

 

Tenha em mente que em um trabalho acadêmico e científico você deve buscar passar a ideia de impessoalidade e imparcialidade e dar destaque para os apontamentos científicos.

Ficou claro para você?

Sabemos que não existe imparcialidade total em nenhum texto, mas quando escolhemos usar uma linguagem mais impessoal esta última acaba transmitindo a ideia de que aquele é um texto é puramente opinativo.

Alguns estudiosos na área de linguagem e gêneros textuais, recomendam algumas expressões que podem ser utilizadas em seu texto e que possam te ajudar nessa tarefa de deixá-lo mais impessoal.

Veja alguns exemplos de expressões que selecionamos para você utilizar em um projeto de pesquisa :

  1. É bom lembrar;
  2. É importante que se ressalte
  3. É preciso considerar
  4. Não se pode perder de vista
  5. É indispensável
  6. É relevante/importante

 

  • PONTO 2 – Atente-se para o uso da norma culta da Língua Portuguesa

Quando falamos que você deve escrever seu projeto de pesquisa dentro da norma culta da Língua Portuguesa estamos querendo reforçar algumas dicas importantes.

Primeiro, não use termos informais ou gírias.

Para além dessa questão que pode parecer um pouco óbvia, é preciso que você tenha em mente que seu texto deve buscar apresentar seus argumentos de forma clara e objetiva. Por isso, evite sempre ficar “dando voltas” para apresentar seu ponto.

Também é importante ter em mente que a linguagem utilizada em seu projeto de pesquisa não seja rebuscada e se torne de difícil compreensão para o leitor.

Pensando em uma melhor forma de deixar seu texto objetivo e claro, tente sempre informar o significado dos termos técnicos que você utilizar, bem como o significado das siglas e abreviaturas na primeira vez que elas aparecerem no texto.

Muitos estudiosos defendem que você deve perseguir um objetivo durante a redação do seu texto: fazer com ele se aproxime cada vez mais de ser uma produção que pode ser lida e entendida pelo maior número possível de pessoas e de diferentes áreas de estudo.

Claro que você não deve perder de vista que as vezes esse pode ser objetivo impossível dada a complexidade de muitos assuntos, mas se guiar por manter a linguagem do seu texto objetiva já é um bom guia para escrever um bom texto.

  • PONTO 3 – Com o objetivo de deixar seu texto mais “limpo”, evite repetições de termos e palavras que podem deixá-lo cansativo. Você pode sempre recorrer ao dicionário de sinônimos para te auxiliar a deixar seu texto mais fluído.
  • PONTO 4 – É preciso ter atenção quanto ao tamanho das frases e parágrafos. Ambos não devem ser muitos longos para que assim se evite que fiquem pouco objetivos e seus argumentos apareçam de forma confusa. Nesse mesmo sentido, não devem ser muito curtos e assim passar mensagens superficiais.
  • PONTO 5 – É muito recomendado que em um trabalho acadêmico e científico se evite utilizar termos absolutos que passem a impressão de “donos da verdade”. Busque sempre reforçar seu argumento a partir de dados e fatos presentes em seu texto e faça isso de forma serena. Lembre-se que um projeto de pesquisa é a proposta de um trabalho futuro e que pode sofrer diversas modificações durante seu processo de elaboração. Essa característica de um projeto de pesquisa, seja ele de TCC, mestrado ou doutorado, deixa ainda mais evidente que a linguagem utilizada deve ser vista de forma cuidadosa.
  • PONTO 6 – Dissemos acima que um projeto de pesquisa é uma proposta de trabalho que futuramente pode vir a ser um TCC ou monografia, uma dissertação de mestrado e uma tese de doutorado. Tendo em vista isso, escreva seu texto levando em consideração o que será feito no futuro.

Dessa forma, você deve utilizar “Nosso objetivo nesse trabalho será analisar” e não “Nosso objetivo nesse trabalho foi analisar”.

  • PONTO 7 – Busque conhecer o maior número possível de termos, conceitos e expressões relacionados a sua área de estudo. Como sabemos, há expressões específicas de diversos campos de estudo ou até mesmo de linhas teóricas próprias. Já no projeto de pesquisa sua linguagem deve estar em harmonia com esses aspectos que citamos.
  • PONTO 8 – Por fim, tenha cuidado com a grafia das palavras e não hesite em recorrer ao dicionário em caso de dúvida. Você também deve tomar cuidado com alguns detalhes como o uso correto da crase e regras de pontuação. E por falar em pontuação, lembre-se que frases exclamativas não devem aparecer em seu texto ao menos que seja uma citação.

 

Como você pode ver ao longo do nosso texto, a linguagem em um projeto de pesquisa é permeada de regras e detalhes que são importantes para dar mais qualidade ao texto e valor científico ao seu trabalho. Esperamos que essas dicas te ajudem no processo de redação do seu projeto de pesquisa.

Aproveite nossos outros artigos!

SOBRE O AUTOR – Fabio Herdy é um professor apaixonado por pesquisa e educação. Formado em Publicidade e Propaganda com especialização em Marketing, possui mais de 10 anos de experiência em pesquisa acadêmica e científica. Vasta experiência como professor universitário e orientador de projetos de pesquisa e TCCs na Universidade Candido Mendes, além de participante de bancas examinadoras de TCCs de diversas áreas de formação. Saiba mais.